Helicicultura - Criação de caracóis 

Objetivos          

O curso de Helicicultura tem como objetivos gerais dotar os formandos de conhecimentos transversais necessários à gestão de uma exploração helicícola, na vertente técnica. Pretende-se desenvolver nos formandos as competências necessárias ao adequado exercício de funções na área da gestão de criação de caracóis, bem como possibilitar uma total autonomia ao futuro helicicultor.

Objetivos Específicos


No final da ação de formação, os formandos devem ser capazes de:


 Compreender os principais sistemas de criação de caracóis, identificando e compreendendo as relações de interligação entre os diferentes sistemas;
 Identificar as variáveis técnicas enquanto fatores determinantes na gestão da exploração;
 Analisar a importância da função pessoal e as suas práticas de gestão ao serviço do desenvolvimento integrado da empresa;
 Planear, conceber e gerir atividades laborais na estufa e sala de purga;
 Compreender o enquadramento das práticas e normativos legais previstas nos regulamentos de boas práticas agrícolas, higiene e segurança no trabalho, regras básicas e tecnológicas de construção de estruturas;
 Conhecer e saber aplicar as novas metodologias e instrumentos na gestão da exploração com a finalidade de melhorar a eficácia na criação de caracóis;
 Desenvolver uma prática profissional baseada numa nova abordagem da seleção do produto.
 Aplicar os conhecimentos mais atuais na gestão do bem-estar do animal (criação, doenças, microclima necessário, aproveitamento de recursos locais) e resolução de problemas e no equacionar se deverá haver mudanças nos métodos e técnicas.


Metodologias de Formação

Os temas serão introduzidos através de uma breve explanação teórica por parte do formador,com base nos métodos expositivo e interrogativo.
Complementarmente, os assuntos serão trabalhados pelos formandos, através da realização de exercícios práticos e que percorrem os temas abordados em cada sessão de formação.
O desenvolvimento de atividades de natureza mais prática, permitirão contribuir para potenciar e reforçar a capacidade de autonomia e de auto-aprendizagem/pesquisa dos formandos.


Critérios e Metodologia de Avaliação

O sistema de acompanhamento a prosseguir durante a ação de formação tem como objetivos verificar:
− A conformidade na execução e o cumprimento progressivo dos objetivos pedagógicos;
− As alterações provocadas no nível de conhecimento e aprendizagem dos formandos;
− O cumprimento da planificação e respetiva estrutura programática definida para o curso;
− A adequação das metodologias formativos às necessidades e expectativas dos formandos;
− A adequação dos equipamentos e recursos pedagógicos às condições de execução daformação;
− O cumprimento do cronograma estabelecido e a assiduidade dos formandos e formadores;
− A adesão, reações e nível de satisfação das expectativas iniciais dos formandos e formador em relação à actividade formativa.
No âmbito da avaliação, poderão ser consideradas as seguintes dimensões de análise:
− Avaliação de expectativas
− Avaliação de diagnóstico
− Avaliação da aprendizagem (quantitativa) – com base na realização de trabalhos e/ou testes
− Avaliação contínua (qualitativa)
− Avaliação de desempenho do formador
− Avaliação da formação
A classificação final é atribuída tendo por referência os resultados obtidos nas seguintes componentes de avaliação:
- Uma componente de Avaliação Contínua (60% da Nota Final), realizada ao longo do Curso e baseada na pertinência, relevância e oportunidade da participação de cada Formando nas aulas teóricas (30% da Nota Final) e na realização das atividades Formativas propostas (30% da Nota Final);


Uma componente de Avaliação Final (40% da Nota Final), baseada na realização de um Relatório Final, realizado individualmente e submetido dentro do prazo previamente estabelecido.
Deste modo a Classificação Final do Curso (CF) é obtida pela seguinte fórmula:
CF= (NFx0,3)+(NA x 0,3)+(NAFx0,4)
“NF” é a média das notas obtidas nas aulas (ficha de observação dos participantes), “NA” é a notas nas atividades Formativas e “NAF” a nota no Relatório Final.
Todas as notas são expressas numa escala de 0 a 100 valores.
Consideram-se com aproveitamento no curso os Formandos que obtiverem uma classificação mínima de 50 valores.


Título

O Curso de Helicicultura - Criação de caracóis da Naturcourtesy atribui um certificado profissional de acordo com a Portaria n.º 230/2008, de 7 de março, com a redação dada pela Portaria n.º 283/2011, de 24 de outubro;, o único curso de Helicicultura certificado pela DGERT.